quarta-feira, 12 de outubro de 2011

4

A grandeza de Ser Criança


Hoje, para mim, está sendo um dia melancólico, pensativo, até mesmo triste por motivo de doença na família. É muito triste ver quem você ama sofrer e ficar se perguntando o que você pode fazer para ajudar, quando as possibilidades são poucas. Bem, mas resolvi escrever porque amei ser criança um dia, amo ser criança de vez em quando e amo crianças também. Minha infância e adolescência foi muito boa, apesar de ter vivenciado o falecimento de meu pai com apenas 9 anos de idade. Fico sempre pensando o quanto Deus guardou meu coração...
A minha infância foi bem modesta e não tinha tudo o que queria, mas acabava ganhando bastante coisas, devido ao esforço de meus pais em fazer até aquilo que não podia para nos agradar e nos fazer feliz. Lembro-me de um dia ter pedido ao meu pai um all star vermelho e ele me falar que no momento não tinha o dinheiro para comprar. Dias depois, eu acordo para ir à escola e tem uma caixa de sapato em cima de minha cama. Abri a caixa e encontrei o meu all star vermelho lá dentro.
Essas coisas são impagáveis. Assim como meu primeiro dentinho de leite que caiu. Papai mandou fazer uma correntinha de ouro e colocá-lo como pingente. Lindo! As brincadeiras com os primos, as viagens para a praia no fim do ano, a primeira lancheira, a compra de material escolar, a primeira vez que entrei numa biblioteca, ao sete anos de idade, tudo isso vai ficar na memória. 
As missas de domingo, o cheiro de pipoca doce, as tardes em que passávamos chupando laranja e comendo melancia...os jogos de futebol do papai, os churrascos em família, o cheiro de carvão queimando...As noites que ficávamos deitados na rede só descansando...e às vezes ouvindo Richard Claiderman ou a pedido de nós, crianças: a Turma do Balão Mágico.
Gente! Lembra disso: o primeiro Sítio do Pica Pau, que saudade!
É tudo muito latente e as lembranças são vívidas. Ficaria horas falando. A TV também fez parte de nossa vida na infância. Não tínhamos video game, nem outros jogos e a TV era presente em todo o tempo. Internet então, se alguém mencionasse que um dia existiria, ficaríamos duvidando da saúde mental de tal pessoa. Selecionei alguns desenhos, seriados ou discos que marcaram minha vida, talvez a sua também. É muito bom lembrar, pois sempre associo a momentos bons. Vamos lá:

O Primeiro LP Xou da Xuxa, Eu tive, inclusive os que se seguiram!
Lembro de filmes antigos como O Mágico de Oz, O Gordo e o Magro!
Teve uma época em que passou à noite, começava com a introdução da Twenty Century Fox
A Caverna do Dragão: Ficava esperando ansiosa, eu amava!
Brinquedos da Estrela: Objetos de Desejo!
A Turma do Chaves é muito boa!
Coleção Vaga Lume: Adorava ler!
Chegava da Escola correndo para assistir!
Eu chegava chorar pelas injustiças cometidas contra o Cirilo!
She Ra: gostava muito, sobretudo as musiquinhas do desenho!
Um dos meus desenhos preferidos. Não fui ver o filme snif snif!
A Punk, A Levada da Breca!
E para finalizar, um seriado que amo e dou muuuitas risadas, é o Todo Mundo Odeia o Chris, que agora agora está passando na Rede Record. É hilário e cai nos gostos das crianças e adultos, com suas piadas irônicas e com temas sociais como racismo, preconceito, pobreza, marginalidade. É baseado na infância do ator Chris Rock, que produz a série. É muito divertido!
No Brasil: Todo Mundo odeia o Chris: passa toda tarde na Rede Record

Um feliz dia das crianças para TODOS!!!!

4 comentários:

O Profeta disse...

O tempo corre em sua em sua invisível viagem
Um Santo nunca dorme no altar
Um barco sobe e desce cada onda do Mar
Um cais de partida também acolhe o chegar

São tantos os mistérios que encontrei na vida
Cruzei com gente desconhecida que conhecia bem
Falei e falo com gente que partiu desta vida
Sinto tanto aroma perdido que este tempo guarda e tem

Mágico beijo

Margot Félix disse...

Patrícia, quantas boas lembranças você me trouxe com esse post. Pelas referências eu vejo que somos da mesma geração. :)

Temos algo em comum, meu pai também já faleceu. :(

Muito obrigada pela visita ao meu blog novo!

Beijo!

Gilberto Silva disse...

É com “Palavras” que pintarei sonhos
Navegarei mares, voarei sobre o azul do Mar
Aqui virei com elas pintadas de ternura
Aqui deixarei um pouco do meu sonhar

Foi um gosto aqui passar


Terno beijo

Gisley Scott disse...

Não existe infância como a de antigamente :)!
Éramos crianças mas sabíamos ser sociáveis e ter boas maneiras.As crianças de hj[pelo menos as daqui] só saber viver com os eletrônicos na mão e não sabe dialogar.Uma tristeza.

Bjos!

Postar um comentário

Olá,
É muito bom ter você aqui para comentar, deixar suas idéias e opiniões e também um pouquinho de você!
Obrigada por participar!
Eu também comento aqui. Assim, podemos interagir melhor!
você é muito bem vinda (o)!